quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Revejo-te para te redesenhar, re-sentido-me/te/nos, ouvindo-te,aceitando-me/te/-nos. (não vejo nada. penso em tudo.penso em nós. penso)






.De volta para casa.
CEM - dança.







porque em tempos me esqueci de nós.
porque em tempos perdi a noção do tempo.
que era só nosso.
hoje. agora. neste momento me confesso. me redimo
perdida na avidez do meu tempo.
para não me esquecer de ti.
para não me esquecer de mim.
de nós.
procuro-te no pulsar telúrico.
encontro-te no movimento. meu.
escondido entre os braços estendidos do sol.

acho-te no relevo do meu corpo por ti decalcado.
mapeado.
prendo-te nas minhas linhas [_que primeiro te emprestei e
depois te ofereci e depois te dei e depois quis, e depois te pedi, mas nunca mais as recebi, devolve-mas!! _].
prendo-te nas minhas linhas. nas tais linhas... com que te entrelaçavas...
enleio-te em mim e perco-me em ti,
enleio-me em ti e perco-te em mim,
porque em mim te procuro e já não te vejo;
apenas te revejo.
aqui. nesta dança carnal que em tempos foi nossa.
nos tempos de outrora.





"I always thought that if I managed to photograph somebody often enough, I could never lose them. My photographs are, however, the proof of how much I have lost." Nan Goldin in "The devil's playground", Phaidon



5 comentários:

POPWORK disse...

Boas fotos !!

Lara disse...

bons momentos, também...

Sandra disse...

POETISA... é uma palavra que combina contigo, essa e mais mil e uma palavras que não chegam para te descrever, mas à tua alma, a primeira que me ocorre é esta, poetisa, como essência de um ser único que és tu, até amanhã... amiga :)

Lara disse...

sou apenas e tão somente alguém afortunado por partilhar quarenta horas por semana contigo ao meu lado e o infinito de uma bonita e deliciosa amizade...

um beijinho para a minha amora***

e outro para a "la prima" pop!

Lara disse...

"afortunada"

e

abençoada! pobre daquele que duvida da existência de deus.

Afterimage

Disparou. Tocou. de raspão. quem. Alguém. «foi*».

_- - -__...|.|